domingo, 15 de janeiro de 2017

O anjo de cabelos vermelhos


Não sei o que faço para entender a minha mente, sinto que todas as escolhas me levam a lugar algum.
Talvez o tempo me mostre o caminho pois até o momento não consegui descobrir o que é ser feliz de verdade.
As vezes me encontro num vazio tremendo.
De madrugada procuro encontrar respostas, seja nos olhos no beijo ardente ou no abraço que conforta.
Mas paro e percebo que aquilo é apenas uma lembrança boa de um momento que não sei se repetirá e se repetir quando será?
Se tudo na vida tem um sentido eu ainda não encontrei o sentido da minha, bom ás vezes acho que estou perto e ... de repente acordo e vejo que tudo aquilo foi só um sonho.
Lembra aquele anjo de cabelos vermelhos com quem sonhei aquela noite? Bom esse anjo me visita todos os dias.
É engraçado por que é perigoso, e quanto mais arriscado fica, sinto ainda mais adrenalina.
Sinto-me ainda mais vivo.
É engraçado como algumas pessoas que passam por nossas vidas marcam tanto que parece que nos conhecemos há séculos, há milênios.
Lembra aquele anjo de cabelos vermelhos? Algo me diz que ele me acompanha há muito tempo.

Hoje eu só queria que esse anjo, aquele de cabelos vermelhos me ouvisse,
Quero que a brisa vinda com esse dia de chuva, pegue essas palavras e sussurre no ouvido desse anjo, aquele de cabelos vermelhos.
Quero que ele saiba: Se o amanhã é incerto? pode até ser, mas podemos traçar um rumo para que ele seja certo.
Tudo depende de escolhas, decisões e principalmente de uma resposta.
Eu quero esse anjo, será que ele me quer?